Publicado 14 de Outubro de 2014 - 17h00

Por Divulgação

Orientação é consultar o dentista sempre que a afta demorar para curar

Divulgação

Orientação é consultar o dentista sempre que a afta demorar para curar

Os cáseos são aquelas famosas bolinhas amareladas ou esbranquiçadas, com cheiro fétido de queijo ou ovo podre que se formam na garganta. São causados pelo acúmulo de restos de alimentos, saliva e células nas cavidades das amígdalas, que após serem digeridas pelas bactérias presentes naturalmente na boca, levam a formação destes corpos estranhos.

Eles se alojam nos buracos das amígdalas e causam muito desconforto, irritação ou infecção da garganta. Além disso, trazem ao paciente forte mau hálito, língua branca e em muitos casos infecção dos dentes.

 

Os cáseos podem ocorrer em qualquer idade, inclusive em indivíduos que nunca tiveram sintomas na região das amígdalas.

 

Tratamentos

 

É possível utilizar o irrigador, um instrumento usado pelo dentista que lança jatos de água sobre as amígdalas, expulsando qualquer corpo estranho que esteja alojado. pode-se também fazer gargarejos com soluções anti-sépticas; com água e sal; com romã ou própolis e claro, sempre manter uma boa higiene oral.

 

Casos mais graves

 

A cirurgia para retirada dos cáseos consiste na verdade na retirada das amígdalas, processo chamado de amigdalectomia, um procedimento que é realizado quando os indivíduos sofrem com frequência de fortes amigdalites causadas pela presença dos cáseos na garganta.

 

Outra opção é o uso da cirurgia à laser para remoção deles, pois, por meio deste processo fecham-se as cavidades amigdalinas, ou seja, os furinhos presentes nas amígdalas. Este recurso, impede que no futuro, haja formação e acúmulo dos cáseos na garganta.

Para mais informações sobre esses procedimentos, contate o otorrinolaringologista de sua confiança. 

 

Veja também

Escrito por:

Divulgação