Publicado 14 de Outubro de 2014 - 20h50

Por Delma Medeiros

A atriz Naomi Silman em cena da peça 'O Não Lugar de Ágada Tchainik', do Lume

Divulgação/Arthur Amaral

A atriz Naomi Silman em cena da peça 'O Não Lugar de Ágada Tchainik', do Lume

Para comemorar os dez anos de estreia, ocorre nesta quarta-feira (15), na sede do Lume Teatro, apresentação única do espetáculo 'O Não Lugar de Ágada Tchainik' solo da atriz Naomi Silman. Presa entre desastres, em que a sobrevivência é tudo e cada próximo passo é uma decisão agonizante a ser — ou não ser — tomada, Ágada Tchainik convida o público a segui-la, junto com seus “companheiros de estimação”, em sua viagem.

 

Compulsiva, à beira de um ataque de nervos, com sua fala errante, ela torna o público seu parceiro, com quem interage, por vezes pedindo ajuda, ou implicando com algum espectador, ora provocando, rindo, brigando. Conforme caminha por sua mente confusa, aborda assuntos diversos, que vão desde lavar pratos até problemas diplomáticos, e expõe o drama de sua alma.

 

O espetáculo estreou em julho de 2004, dirigido pela canadense Sue Morrison, diretora-artística do Theatre Resource Centre, de Toronto, e conhecida mundialmente por seu método de trabalho 'O Clown Através da Máscara', que mescla a tradição do clown sagrado das tribos indígenas norte-americanas com a do clown europeu. “Necessitamos construir um palhaço que fale aos dias de hoje, não só uma coleção de gags, mas um arquétipo que revele a essência do performer/ator”, disse Sue Morrison sobre seu método de trabalho.

 

Serviço

 

'O Não Lugar de Ágada Tchainik'

 

Nesta quarta-feira (15), às 20h

 

Na sede do Lume (Rua Carlos Diniz Leitão, 150 - Barão Geraldo) - Campinas. Telefone: (19) 3289-9869)

 

Ingressos: 1 quilo de alimento não perecível

Escrito por:

Delma Medeiros