Publicado 14 de Outubro de 2014 - 17h29

As montadoras resolveram menos da metade das reclamações registradas no Procon de São Paulo entre janeiro e agosto. Ranking elaborado pela instituição com dez montadoras revelou um índice médio de resolução de apenas 47,1% no período. O número tido como ideal pelo Procon é superior a 95%.

Ao todo, foram 299 casos registrados no Procon entre janeiro e agosto. A General Motors lidera a lista, com 74 reclamações.

 

Em seguida aparecem Ford (48), Fiat (42), Volkswagen (40), Hyundai Caoa (25), Renault (24), Nissan (18), Honda Automóveis (11), Peugeot Citroen (10) e Toyota (7). Embora Toyota e Peugeot tenham apresentado o menor número de reclamações, elas registraram o pior índice de resolução: 25%. A Hyundai Caoa foi a mais eficiente, com um índice de 65%.

O Procon ainda informou que 61% das reclamações referem-se a algum tipo de defeito no veículo.