Publicado 13 de Outubro de 2014 - 22h06

Por Renê Moreira

O chefe da Copel (Comissão Permanente de Licitações) de Franca, Sérgio Gerbasi, é investigado por suspeita de irregularidades pelo Ministério Público. Ele teria sido flagrado em escutas telefônicas combinando depoimentos sobre concorrências e estaria envolvido em fraudes nos processos de aquisições de materiais para o município.

A prefeitura não se manifestou a respeito, assim como o envolvido , que à Justiça negou tudo. Os processos envolvem mais de R$ 2 milhões e muitos deles se referem à pasta da Secretaria Municipal da Educação. Uma empresa fornecedora de materiais escolares ao município também é investigada, assim como uma servidora pública.

Escrito por:

Renê Moreira