Publicado 15 de Outubro de 2014 - 20h56

Segundo porta-voz do Pentágono, porém, ainda "há chances de Kobane cair" nas mãos dos jihadistas

Aris Messinis/AFP

Segundo porta-voz do Pentágono, porém, ainda "há chances de Kobane cair" nas mãos dos jihadistas

Os ataques aéreos realizados para defender a cidade curda síria de Kobane, perto da fronteira turca, mataram "várias centenas" de combatentes do grupo Estado Islâmico (EI), considerou nesta quarta-feira um porta-voz do Pentágono.

"Acreditamos que conseguimos matar várias centenas de combatentes do EI nos arredores de Kobane", declarou John Kirby durante coletiva de imprensa em Washington.

Contudo, ele indicou que ainda "há chances de Kobane cair" nas mãos dos jihadistas.

Veja também