Publicado 14 de Outubro de 2014 - 22h50

Por France Press

Cinco pessoas morreram e 21.901 estão desabrigadas na Nicarágua, em função das fortes chuvas que provocaram o aumento no volume de rios, deslizamentos e danificaram casas e estradas - informou o governo nesta terça-feira.

As vítimas moravam em zonas rurais e foram arrastadas pelas águas quando tentavam cruzar rios, informou a porta-voz do governo, Rosario Murillo.

Rosario lamentou as mortes e pediu à população que não tente atravessar os rios neste período de enchente e espere as águas baixarem.

O governo disponibilizou 15 abrigos temporários, para onde foram levadas 953 pessoas. Elas estão recebendo alimentos e itens de primeira necessidade, segundo as autoridades.

Em sete dias de chuvas com intensidades de moderada a intensa, provocadas por sistemas de baixa pressão, o governo registrou estragos em 2.432 casas , além de dezenas de quilômetros de estradas e pontes danificadas, completou a porta-voz.

Ao todo, 74 comunidades e bairros sofrem com o temporal em seis dos 17 departamentos do país, completou Rosario Murillo.

Escrito por:

France Press