Publicado 15 de Outubro de 2014 - 19h37

Por Agência Estado

Enderson Moreira resolveu dar oportunidade para Gabriel começar jogando contra o Botafogo

Divulgação

Enderson Moreira resolveu dar oportunidade para Gabriel começar jogando contra o Botafogo

O técnico Enderson Moreira vai fazer quatro alterações no time titular do Santos para enfrentar o Botafogo, nesta quinta-feira (16), no Pacaembu, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Entre as alterações está a saída de Leandro Damião, que vai voltar ao banco de reservas. No lugar dele entra Gabriel.

Outro que volta à equipe é o lateral-esquerdo Mena, no lugar do garoto Caju. No meio, Souza dá lugar ao jovem Alison, que estava servindo à seleção sub-21. Além disso, o ataque vai voltar a ter três jogadores, com Rildo na vaga que era de Leandrinho. Tudo para tentar dar consistência à equipe que levou 3 a 0 do Criciúma, domingo (12), pelo Brasileirão.

"A questão do Gabriel ou Damião é de oportunidade para os dois, para que possam mostrar que merecem a titularidade. Sabemos que podem muito mais, estão nos ajudando, mas podem mais. Só podemos cobrar dando muitas oportunidades. O Leandro teve duas chances seguidas, agora é a vez do Gabriel, achamos por bem fazer isso", explicou o treinador.

Nesta quarta-feira (15), Enderson insistiu em jogadas de bola parada no treino, para tentar corrigir o posicionamento de uma defesa que levou dois gols neste tipo de lance no Heriberto Hulse.

"A gente sabia que Criciúma tinha essa jogada forte, foi alertado. Mas a equipe acabou não sendo feliz, o que foi determinante. Fizemos ajustes. Treinamento de bola parada é repetição. É questão de entrosamento, de detalhe, posicionamento. Fica vulnerável quando tem essa sequência de jogos", analisou.

ROBINHO - O treinador recebeu uma boa notícia. Se o Santos passar de fase (venceu por 3 a 2 no Rio), vai poder contar com Robinho na semifinal. O jogador, expulso no Maracanã, foi julgado nesta tarde pelo STJD e recebeu apenas um jogo de suspensão, que será cumprido nesta quinta. Assim, fica livre para a próxima fase.

"Sempre que temos a possibilidade de termos o Robinho, ganhamos muito, ganhamos em maturidade técnica. Ele assume muito a responsabilidade, tem sido decisivo, mas temos criado alternativas, isso vai acontecer mais vezes. Precisamos continuar tendo boas opções", disse Enderson.

Escrito por:

Agência Estado