Publicado 13 de Outubro de 2014 - 18h37

Por Agência Estado

Italianos comemoram gol marcado por Graziano Pellè

France Press

Italianos comemoram gol marcado por Graziano Pellè

Com um futebol pragmático, mas muito eficiente, a seleção da Itália, agora comandada pelo técnico Antonio Conte, tricampeão nacional com a Juventus, segue com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, que será realizada na França. Nesta segunda-feira (13), a equipe jogou para o gasto para derrotar Malta por 1 a 0, fora de casa, em Valletta, pela terceira rodada do Grupo H.

Com nove pontos, a Itália divide a liderança da chave com a Croácia, que, nesta segunda, arrasou o Azerbaijão em seus domínios em Zagreb, e goleou por 6 a 0. Os croatas levam vantagem no saldo de gols (9 a 4), mas o que importa é que os dois primeiros colocados do grupo, ao final de 10 rodadas, avançarão diretamente à fase final da competição continental.

Fora de casa, a Itália jogou como gosta. Teve maior posse de bola e buscou aproveitar bem as chances de gol que teve. Só conseguiu marcar uma vez, com Graziano Pellè, aos 24 minutos do primeiro tempo, após rebatida do goleiro dentro da área. Pouco tempo depois, aos 28, Michael Mifsud foi expulso e os italianos tiveram ainda mais tranquilidade na partida. Até mesmo após o cartão vermelho recebido pelo zagueiro Bonnucci, aos 28 da segunda etapa.

Na goleada da Croácia, o destaque foi Ivan Pericic, autor de dois gols. Luka Modric, do Real Madrid, fez um, assim como Andrej Kramaric e Marcelo Brozovic. Rashad Farhad Sadygov, aos 16 minutos do segundo tempo, mandou contra o próprio gol e fechou a larga vitória croata.

No outro jogo do grupo, a Noruega tenta voltar aos bons tempos. Em casa, em Oslo, derrotou a Bulgária por 2 a 1 e assumiu a terceira colocação do grupo, com seis pontos. Os búlgaros ficam em quarto, com três. Malta e Azerbaijão ainda não pontuaram.

Escrito por:

Agência Estado