Publicado 08 de Outubro de 2014 - 19h22

Nível baixo ressalta os malefícios trazidos à fauna que depende da água do rio

Dominique Torquato/ AAN

Nível baixo ressalta os malefícios trazidos à fauna que depende da água do rio

O Rio Atibaia ainda sofre com a crise hídrica que atinge o Estado de São Paulo. Da Praça Beira-Rio, no distrito de Sousas, em Campinas, é possível enxergar o leito do rio com facilidade na tarde desta quarta-feira (8).

 

rio atibaia, seca, crise hídrica, cantareira Nesse trecho, o Atibaia não alcançava profundidade maior que 80 centímetros, permitindo, inclusive, que alguns peixes fossem vistos sem grandes esforços, encurralados pelas pedras que, aparentes na superfície, possibilitavam a travessia, próximo ao clube Regatas.

Os moradores do distrito estão assustados com a situação e não se lembram de nível tão baixo em muitos anos. Ressaltam os malefícios trazidos à fauna que depende da água do rio.

 

Os barcos de pescadores e praticantes de canoagem também sofrem as consequências da crise, encontrando dificuldades para navegar na região repleta de bancos de areia à mostra.

O Rio Atibaia é responsável pelo abastecimento de 95% da cidade de Campinas. A vazão de captação é registrada em Valinhos, um quilômetro antes da captação realizada pela Sanasa para a população campineira.

 

No município valinhense, o nível do fluxo nesta tarde chegou a 3,3 m³/s. No início de setembro, a captação alcançou picos pontuais de 13 m³/s.

 

rio atibaia, seca, crise hídrica falta d'água Pouco antes, no final de agosto, havia sido registrada a marca negativa de 1,72 m³/s.

 

Entre Valinhos e Campinas, o rio Atibaia recebe a contribuição do Ribeirão Pinheiro, que acresce aproximadamente 1m³/s ao fluxo obtido pela rede telemétrica.

Desde 19 de setembro, o Sistema Cantareira contribui com 4,1 m³/s de água para o rio Atibaia. Esse fluxo já foi de mais de 10 m³/s em períodos de estiagem de outros anos e, hoje, está muito aquém da necessidade para o atual suprimento.

 

A baixa vazão concentra poluentes e torna o tratamento da água para fornecimento mais caro.

 

Veja também