Publicado 09 de Setembro de 2014 - 14h25

Por Agência Estado

Souza acha positivo para o São Paulo jogar no Mané Garrincha

Cedoc/RAC

Souza acha positivo para o São Paulo jogar no Mané Garrincha

Os altos e baixos do Botafogo no Campeonato Brasileiro transformam a partida desta quarta-feira (10) numa incógnita para o São Paulo. O time paulista entra em campo precisando de uma vitória para ter condições de reduzir a diferença para o líder Cruzeiro, atualmente de sete pontos. Mas nem o fato de enfrentar um rival que por algumas vezes esteve entre os últimos colocados dá ao time a sensação de que terá uma situação mais fácil.

"O Botafogo dispensa comentários, pode ter seus problemas, mas não influencia em campo, tomamos como o exemplo o jogo do Ceará (vitória de virada por 4 a 3 no Castelão, pela Copa do Brasil) que todo mundo deu como perdido e eles ganharam, da mesma forma que aconteceu contra o Fluminense no Mané Garrincha (vitória por 2 a 0, na 15ª rodada). Precisamos vencer, é a melhor forma de demonstrar nosso respeito, até porque eles têm jogadores de qualidade que podem decidir o jogo", disse Souza.

Uma possível vantagem para o São Paulo é que o Botafogo vendeu o mando de jogo para o Mané Garrincha para amainar a grave crise financeira em que se encontra. Para os são-paulinos, o fato de não jogar no Maracanã pode ser uma vantagem, já que o estádio de Brasília também não é casa do time carioca.

"Não sei se é vantagem, mas, se fosse no Maracanã, eles se sentiriam mais em casa, afinal, teriam maior parte da torcida e apenas uma pequena parte reservada para o São Paulo. Creio que no Mané Garrincha, a torcida do São Paulo vai ajudar mais, se é uma vantagem, nós vamos saber na hora", explicou o volante.

O São Paulo viaja na tarde desta terça-feira (9) para Brasília e deve chegar na capital federal por volta das 20 horas. A partida contra o Botafogo, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, acontece às 22 horas desta quarta.

Escrito por:

Agência Estado