Publicado 07 de Setembro de 2014 - 18h47

Por Agência Estado

São Paulo vence e segue bem no Brasileiro

Divulgação/SP

São Paulo vence e segue bem no Brasileiro

O São Paulo venceu o Sport por 2 a 0, neste domingo (07), no estádio do Morumbi, em São Paulo, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diferentemente da última partida contra o Criciúma, a equipe paulista conseguiu criar boas chances de gol, pressionando o time de Eduardo Baptista, que criou poucas oportunidades. Com o resultado, segue firme no G4 e diminui a diferença de pontos para o líder Cruzeiro, a quem enfrenta no próximo domingo, de 9 para 7 pontos.

Já o Sport segue na sétima posição na tabela de classificação, com 28 pontos. O próximo desafio do time de Muricy Ramalho é contra o Botafogo, nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. No mesmo dia, às 21 horas, o Sport recebe o Santos na Arena Pernambuco.

O início do jogo foi marcado por muitos passes errados de ambos os times. Mas, após começar a jogar pelas laterais, o primeiro gol do São Paulo não demorou muito a acontecer. Aos sete minutos Alan Kardec dominou na entrada da área, soltou para Paulo Henrique Ganso e passou para receber. O camisa 10, então, devolveu de primeira e o atacante cruzou rasteiro. Rithely ainda tentou cortar de carrinho, mas a bola entrou. O árbitro Bráulio Machado marcou gol contra do volante pernambucano.

Com a vantagem no placar, o time paulista continuou pressionando o Sport, que ficou com seus 10 jogadores de linha na defesa, enquanto a equipe de Muricy Ramalho trocava passes. Apesar da pressão, o time pernambucano assustou aos 24 minutos, quando Patric foi à linha de fundo e cruzou para Neto Baiano, que bateu para o gol, mandando a bola por cima da trave.

Mesmo ainda pressionado, o Sport continuou dando muita liberdade para o São Paulo, que aproveitou e, aos 25 minutos, marcou o segundo gol. Em um rápido contra-ataque, Souza encontrou Alexandre Pato dentro da área, que dominou e bateu cruzado no canto direito de Magrão.

Com os dois gols de vantagem, a equipe paulista seguiu marcando a saída de bola do Sport, não deixando os visitantes respirarem. Aos 45 minutos, no entanto, o time de Muricy Ramalho perdeu a chance de fazer o terceiro gol da partida. Após receber a bola de Alan Kardec, Alexandre Pato, sozinho e com gol aberto, errou o chute e mandou para a linha de fundo.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com a mesma proposta de pressionar o Sport. A equipe pernambucana, contudo, demonstrou uma postura diferente e avançou seus jogadores, fazendo com que o jogo ficasse aberto para as duas equipes. Aos 11 minutos, após troca de passes na defesa, Durval lançou para Erico Júnior, mas o auxiliar levou a bandeira de impedimento. Na pressão, o time paulista perdeu mais uma oportunidade de fazer o terceiro gol. Aos 14, Alexandre Pato achou Alan Kardec na entrada da área em boa posição para marcar, mas o atacante mandou para cima do gol de Magrão.

Sem pressa, o São Paulo seguiu trocando passes e administrando o jogo. Aos 19 minutos, a equipe quase conseguiu o terceiro, quando Paulo Henrique Ganso bateu escanteio no miolo da área, Alan Kardec subiu mais que a zaga do Sport, cabeceou, porém mandou a bola à esquerda do gol. Aos 26, mais uma tentativa frustrada. Kaká cobrou escanteio na área, Alexandre Pato subiu e cabeceou no canto direito de Magrão, mas a bola passou muito perto do poste direito e saiu.

O Sport, no entanto, adiantou a marcação e tentou equilibrar a partida. Aos 31 minutos, o time pernambucano, por pouco a equipe não diminuiu o placar, quando Patric cruzou da direita, Neto Baiano tentou dominar, mas Auro fez o corte. No rebote, Ibson bateu por cima do gol de Rogério Ceni, que completou 24 anos de São Paulo neste domingo. Sem pressa para atacar, o São Paulo seguiu até o fim do jogo com troca de passes na defesa, apesar das tentativas do Sport de diminuir a diferença.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 x 0 SPORT

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Paulo Miranda (Auro), Rafael Tolói; Edson Silva, Reinaldo; Denilson, Souza; Ganso, Kaká (Boschilia); Alexandre Pato (Osvaldo), Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

SPORT - Magrão; Patric, Ferron; Durval, Renê; Ronaldo (Willian), Rithely; Ibson; Felipe Azevedo (Neto), Neto Baiano, Érico Júnior. Técnico: Eduardo Baptista.

GOLS - Rithely (contra), aos 7, e Alexandre Peto, aos 25 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ronaldo e Rithely (Sport).

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC).

RENDA - R$ 715.835,00.

PÚBLICO - 25.149 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

fonte: Estadão Conteudo

Escrito por:

Agência Estado