Publicado 08 de Setembro de 2014 - 12h47

Por Paulo Santana

Diego Sacoman passará por uma bateria de exames

Cedoc/RAC

Diego Sacoman passará por uma bateria de exames

O zagueiro Diego Sacoman, que voltou de uma negociação frustrada com o Atlético-PR, começou a fazer uma série de exames em São Paulo e ficará pelo menos 10 dias afastado dos treinamentos na Ponte Preta. O objetivo é confirmar a extensão dos problemas apontados semana passada pelos médicos do Furacão que barraram a contratação depois de acertada uma troca por 40% dos direitos do volante Juninho.

De acordo com Roberto Nishimura, chefe do DM da Macaca, o atleta de 27 anos passará por uma série de procedimentos mais aprofundados antes de qualquer posição definitiva do clube. “São exames mais complexos e criteriosos que precisamos fazer antes de emitir um parecer definitivo. Até em respeito ao jogador e à relação médico-paciente, só nos pronunciaremos oficialmente quando tivermos tudo concluído, provavelmente na próxima semana”, informou em nota publicada no site oficial do clube.

Recentemente, Sacoman ficou três meses afastado dos gramados por conta de uma lesão no púbis. Agora, a situação seria outra e sem qualquer relação com a contusão anterior. Assim como a Ponte, o clube paranaense não entrou em detalhes sobre o problema detectado do atleta.

Sacoman tem 105 jogos com a camisa da Ponte Preta, onde chegou no início de 2012. Já viveu altos e baixos no Majestoso, tendo participado do vice-campeonato da Copa Sul-Americana e também do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado.

Escrito por:

Paulo Santana