Publicado 07 de Setembro de 2014 - 21h03

Por Agência Anhanguera de Notícias

Técnico da Ponte tem retrospecto positivo

Cedoc

Técnico da Ponte tem retrospecto positivo

A um ponto do G4 no Campeonato Brasileiro da Série B, a Ponte Preta pode entrar de vez na zona de acesso nesta terça-feira (09), quando enfrenta o Atlético (GO), às 17h, no Majestoso. A ascensão da Macaca na competição coincide com o retorno do técnico Guto Ferreira ao Moisés Lucarelli. O treinador dirigiu a Macaca em sete partidas no nacional, com cinco vitórias, um empate e somente uma derrota.

O aproveitamento do treinador até agora é de 76,2% dos pontos, índice superior ao do líder Joinville em todo o Brasileiro.

Em sua segunda passagem pela Macaca, Guto Ferreira possui retrospecto bastante favorável. Ele estreou na equipe campineira no Campeonato Brasileiro de 2012 e foi um dos principais responsáveis pela permanência da Ponte na elite do Brasileirão. No ano seguinte, dirigiu o time na maior série invicta do clube história no Paulistão, alcançando 16 partidas de invencibilidade. Na segunda fase, foi eliminado pelo Corinthians, que viria a se tornar o campeão, mas conquistou o título do Interior contra o Penapolense, sensação da competição. No Brasileirão de 2013, Guto Ferreira fazia uma campanha irregular com a Ponte Preta e foi demitido após uma derrota para o Atlético-PR, por 4 a 3, em pleno Majestoso.

O elenco pontepretano realiza na manhã de hoje a última atividade antes de enfrentar o Atlétigo-GO. Na atividade, Guto vai definir o substituto do atacante Cafu, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Tiago Alves e o volante Fernando Bob voltam ao time após cumprirem suspensão automática e ficam à disposição do treinador.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias