Publicado 07 de Setembro de 2014 - 17h56

Por Bruno Bacchetti

Bruno Bacchetti

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

O empate contra o Guaratinguetá no último sábado foi considerado um bom resultado pela comissão técnica do Guarani. No entanto, com a vitória do São Caetano sobre o Madureira, por 1 a 0, na tarde de ontem, a distância para a zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série C caiu para apenas um ponto e deixa o Bugre pressionado. Na próxima rodada o Guarani enfrenta o lanterna Duque de Caxias, sábado, em Americana, e uma vitória é fundamental para não correr o risco de retornar à zona da degola. Concorrente direto na briga contra o rebaixamento, o São Caetano enfrenta o Juventude, fora de casa, na segunda-feira.

Para deixar a situação mais dramática, o Guarani pode ter uma baixa importante na sequência da Série C. Artilheiro do time na competição, com três gols, o atacante Silas sentiu uma lesão na coxa contra o Guaratinguetá e foi substituído por Leleco. Na saída do gramado, o centroavante colocou em dúvida sua participação na partida contra o Duque de Caxias. "Senti uma pontada parte posterior da coxa e saí para não agravar. Vamos fazer exame para ver o grau da lesão, mas espero que não prejudique para o próximo jogo", afirmou o centroavante. Caso Silas seja vetado pelo departamento médico, as opções são Leleco, Léo, Joãozinho e o colombiano Obregón.

O elenco bugrino se reapresenta hoje, no Estádio Brinco de Ouro, para iniciar os treinos visando o jogo de sábado. Desfalque certo é o volante Thiago Carpini, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o lateral-direito Oliveira e os meias Ramos e Renan Mota cumpriram suspensão e ficam à disposição de Benazzi.

Escrito por:

Bruno Bacchetti