Publicado 07 de Setembro de 2014 - 14h37

Por Reporter Correio Plantão

Hoje será reinaugurada a Rua Gustavo Armbrust, no bairro Cambuí, de Campinas, que no dia 6 de junho devido a chuvas, teve os muros de contenção de uma obra predial rompidos, causando a abertura de uma cratera de 50 metros de extensão, e 15 de profundidade, que engoliu árvores, postes, calçadas e parte da Praça Salim Jorge. Não houve vítimas.

A GNO Empreendimentos e Construções, responsável pelo terreno realizou a revitalização do local, com autorização da Prefeitura, segundo a Secretaria de Infraestrutura qua acompanhou o processo.

Para os moradores a obra ficou bonita, mas o processo foi muito demorado, e acabou prejudicando o trânsito. Para o empresário Walter Farias, 64, "a obra está muito caprichada. O único problema é que demorou um ano e três meses para ficar pronta. A Prefeitura não se manifestou em agilizar o processo. Isso atrapalhou o dia a dia dos moradores, principalmente com relação ao trânsito, que já é caótico", afirma. Osmar Campos, 55, concorda, "o trânsito ficou bem complicado durante a obra." Para Márcio, 38, operador de manutenção predial, os mais afetados foram os moradores da Rua Gustavo Armbruts "No meu caso a obra não alterou em nada a minha rotina. Os mais prejudicados foram os moradores da rua onde aconteceu a fatalidade. A obra ficou muito bonita. E acho que desta vez não acontecerá mais nenhum acidente, pois está muito bem feita."

Aline Freitas

Especial Para a Rede Anhanguera

[email protected]

Escrito por:

Reporter Correio Plantão