Publicado 10 de Setembro de 2014 - 5h33

O governo vai reduzir sua projeção para o crescimento da economia em 2014. A equipe econômica estimou ontem uma alta de 1,8% para o Produto Interno Bruto (PIB. A nova previsão oficial deve ficar entre 0,5% e 1% . Apesar da redução, a previsão continua mais otimista que a do setor privado. Segundo o relatório Focus, sondagem semanal do Banco Central feita com analistas de mercado, a previsão para o PIB está em 0,48%. Na semana passada, o Focus registrava uma projeção de alta de 0,52% para o PIB em 2014. O maior impacto negativo na economia este ano virá, segundo os especialistas ouvidos pelo Banco Central, do setor industrial. Segundo a previsão do Focus, a indústria deve encolher 1,98% neste ano.

A onda de revisões das projeções foi deflagrada pela divulgação, pelo IBGE, da queda de 0,6% do PIB no segundo trimestre, indicando que a economia está estagnada ou em recessão. Fontes do governo avaliam que está havendo uma recuperação da atividade econômica no segundo semestre. O governo avalia que os dados do terceiro trimestre devem ser positivos. (AE)