Publicado 10 de Setembro de 2014 - 5h33

Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) informou ontem, em reunião de negociação com o Fórum das Seis, que as negociações do abono salarial da Unicamp, USP e Unesp devem ser feitas individualmente entre cada reitoria e os sindicatos. A entidade também manteve a proposta de reajuste de salários dos servidores em 5,2%, divididos em duas parcelas. As propostas serão apresentadas amanhã, em assembleia com os trabalhadores. Ontem, a greve dos funcionários da Unicamp completou 111 dias. (Inaê Miranda/AAN)