Publicado 08 de Setembro de 2014 - 5h32

Pelo menos 20 jovens apedrejaram um ônibus da linha 1.23 (Terminal Ouro Verde/Campo Grande) na madrugada de ontem, em Campinas. O para-brisa dianteiro ficou destruído, mas nenhum dos cerca de 20 passageiros ficou ferido. Os autores fugiram. Por causa dos danos, o veículo teve de ser retirado de circulação para conserto e os passageiros, removidos para outro ônibus. O ataque aconteceu às 5h15 no sentido bairro/Centro, na altura do Jardim Florence 2, na Avenida John Boyd Dunlop. A prática dos vândalos, de acordo com fiscais da empresa VB Transporte e Turismo, já é conhecida entre os motoristas. Eles se escondem em um matagal a cerca de 200 metros do ponto e, quando os ônibus passam, atiraram pedras e depois voltam para o esconderijo. Na maioria dos casos, são jovens que participam de bailes funks na região. Segundo a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc), as concessionárias do transporte público da cidade registraram 25 casos de vandalismo no mês de agosto. No ano, já são 85 ocorrências, incluindo cinco ônibus queimados. O prejuízo é de R$ 1,2 milhão. A maioria dos crimes ocorre nas regiões do Ouro Verde, Campo Grande e nas proximidades do Parque Oziel. (Alenita Ramirez/AAN)