Publicado 06 de Setembro de 2014 - 5h32

Para o consultor em planejamento urbano, Cândido da Silva Santos, as revitalizações de centros urbanos exigem mais que alargamento de uma calçada ou enterramento de fiação. “É essencial um olhar atento para estimular as pessoas a frequentarem esses espaços, especialmente à noite. Durante o dia, em geral, os centros são muito dinâmicos, mas morrem à noite, tornando perigoso o espaço. Investir na cultura, em atividades que levem as pessoas a voltar a frequentar as regiões centrais à noite é essencial. Deixá-lo bonito será uma consequência da exigência dos frequentadores”, afirmou. Procurado ontem, o prefeito Jonas Donizette (PSB) não atendeu o Correio.

O secretário de Comunicação, Guilherme Fabrini, informou que o projeto será apresentado na próxima semana e os detalhes ainda estão sendo fechados. (AAN)