Publicado 10 de Setembro de 2014 - 7h55

Por Ana Cristina Andrade

Uma denúncia anônima levou policiais civis de Charqueada e da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Piracicaba a um corpo, no meio do canavial, no bairro Tijuco Preto, em Charqueada, que estava enterrado.

 

O corpo, segundo os investigadores, é de um homem, de cor branca, com várias tatuagens e em avançado estado de decomposição.

Um perito criminal esteve no local, junto a um fotógrafo do Instituto de Criminalística, e após a perícia o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Piracicaba.

 

A polícia não detalhou quais seriam os desenhos contidos nas tatuagens da vítima. 

Escrito por:

Ana Cristina Andrade