Publicado 08 de Setembro de 2014 - 16h08

Dia de Nossa Srª. de Monte Serrat faz parte do calendário oficial da cidade

Alcione Herzog

Dia de Nossa Srª. de Monte Serrat faz parte do calendário oficial da cidade

As festividades em homenagem à protetora começaram às 7h e duram até o fim da tarde, atraindo fiéis de toda a Baixada Santista.

 

O Dia de Nossa Srª. de Monte Serrat faz parte do calendário oficial da Cidade, mas este ano as comemorações têm significado ainda maior já que 2014 é o ano em se completa 400 anos do maior milagre atribuído à Santa.

O culto à Nossa Srª do Monte Serrat data da época colonial do Brasil. Em 1614, quando os holandeses invadiram a Ilha de São Vicente, a população da vila de Santos refugiou-se no monte, rezando e pedindo proteção à Virgem.

 

Quando os invasores aproximaram-se do alto do morro, uma avalanche de pedras matou muitos deles e colocou os demais em fuga.

 

Desde esse época, a população a considera a padroeira da Cidade de Santos. A oficialização do título ocorreu há exatos 60 anos.

Por volta das 9h30, uma missa campal, presidida pelo bispo diocesano dom Jacyr Braido, foi celebrada em frente à Catedral de Santos, em um palco montado na Praça José Bonifácio.

Como parte da programação, atores participaram de uma encenação lembrando o primeiro milagre atribuído a Virgem.

Depois a imagem foi carregada por militares em procissão pelas ruas do Centro até o Paço Municipal, onde foi realizada a renovação da Consagração da Cidade a Nossa Senhora.

 

De lá a Santa foi carregada até o alto do monte, por uma escadaria com 415 degraus. Os fiéis seguiram a imagem até o retorno ao Santuário e continuaram orações e agradecimentos pelas graças alcançadas.

Graça

Maria Divina Alves dos Santos e sua neta, Júlia Simonato, de apenas 7 anos, estavam emocionadas.

 

Elas foram com a amiga Elza Pereira Batista à procissão carregando uma réplica da imagem em sinal de agradecimento pelo que chamam de milagre. Maria Divina conta que a neta tinha um sério problema no coração e precisava de uma cirurgia.

“A Elza me deu a imagem dela, que ficou na minha casa por um ano. Rogamos muito por ajuda e no segundo e terceiro exame que ela fez antes de ser encaminhada para a mesa de operação, os médicos não acharam mais nada de errado. A cirurgia então foi suspensa, graças à Nossa Senhora”.

Missas

Ainda nesta segunda-feira, a população pode acompanhar outras três missas em homenagem a santa. O encerramento das festividades está marcado para as 19 horas.

O monte, onde está construída a Capela de Nossa Senhora do Monte Serrat é um dos pontos mais altos de Santos, ficando a 147 metros do nível do mar.

 

festa da padroeira, cidade, santos