Publicado 08 de Setembro de 2014 - 5h00

Reserva técnica do Sistema Cantareira

Divulgação/Sabesp

Reserva técnica do Sistema Cantareira

O aproveitamento de água de reúso deverá ser utilizado na irrigação de jardins e campos de futebol, lavagem de ruas e desobstrução de bueiros e galerias. O projeto deve ser iniciado na próxima semana e não terá custos para a prefeitura, visto que a água será cedida pela Odebrecht.

O fornecimento da água será feito pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Águas da Serra, gerenciada pela Odebrecht, que tem capacidade para disponibilizar 20 mil litros de água por hora, o equivalente a três caminhões-pipa.