Publicado 08 de Setembro de 2014 - 16h30

Por Agência Estado

Djokovic segue em primeiro lugar no ranking da ATP

Julian Finney/France Press

Djokovic segue em primeiro lugar no ranking da ATP

Mesmo com apenas uma vitória no US Open, Thomaz Bellucci obteve boa subida no ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira. O número 1 do Brasil ganhou oito posições e alcançou o 83º posto, depois de ser eliminado em Nova York na segunda rodada pelo suíço Stan Wawrinka, atual número quatro do mundo.

Além de Bellucci, o brasileiro João Souza, o Feijão, teve bom crescimento na lista. Apesar da derrota na final do Challenger de Medellín, na Colômbia, ele ascendeu 10 colocações e ficou muito perto do Top 100. Ele aparece agora no 103º lugar, bem à frente dos demais tenistas do Brasil.

O crescimento reforça a polêmica na equipe brasileira da Copa Davis. Na semana passada, Feijão foi preterido pelo capitão do Brasil, João Zwetsch, apesar de viver boa fase no circuito e de apresentar melhor colocação que os convocados. Guilherme Clezar, treinado por Zwetsch, ocupa o 189º lugar, enquanto Rogério Dutra Silva é o 201º.

Em relação à última atualização do ranking, Clezar ganhou uma posição. Já Dutra Silva caiu 39 colocações. Os dois foram convocados para defender o Brasil no duelo com a Espanha, pelos playoffs da Copa Davis, no fim de semana - o vencedor do confronto, em São Paulo, entra no Grupo Mundial.

Entre os líderes do ranking, o sérvio Novak Djokovic manteve a boa vantagem na ponta, com 12.290 pontos, apesar de não defender os pontos da final do US Open do ano passado. O espanhol Rafael Nadal, com 8.670, segue em segundo, mas agora ameaçado pelo suíço Roger Federer. Apenas 640 pontos separam os dois rivais.

A nova atração do Top 10 é o retorno do japonês Kei Nishikori. Mesmo antes de disputar a final do US Open, nesta segunda-feira, ele subiu três posições, para o 8º lugar, sua melhor colocação na lista da ATP. O croata Marin Cilic, outro finalista do Grand Slam norte-americano, trocou o 16º posto pelo 12º.

Os dois finalistas, contudo, podem subir ainda mais no ranking depois da decisão do US Open. O futuro campeão deve ganhar mais algumas posições na lista que será atualizada nesta terça, depois da final, marcada para as 18 horas (de Brasília) desta segunda-feira.

O Top 10, antes da decisão, tem ainda o espanhol David Ferrer (5º), o checo Tomas Berdych (6º), o canadense Milos Raonic (7º), o búlgaro Grigor Dimitrov (9º) e o escocês Andy Murray (10º).

Escrito por:

Agência Estado