Publicado 06 de Setembro de 2014 - 12h31

Por Ana Cristina Andrade


Currículo do acusado de 18 anos estava na mochila que ele deixou cair quando fugia do local do assalto

Divulgação

Currículo do acusado de 18 anos estava na mochila que ele deixou cair quando fugia do local do assalto

Um currículo, deixado para trás por um ladrão de 18 anos, que durante a fuga perdeu a mochila, acabou denunciando o bandido para a Polícia Militar, que o prendeu e que depois prendeu os dois comparsas menores de idade.

 

A prisão aconteceu pouco tempo depois que os três assaltaram uma comerciante de 47 anos em Piracicaba. Eles a levaram refém no carro dela.

Houve cerco, realizado por policiais militares da equipe B da 1ª Companhia, e sobrevoo de 15 minutos por parte do helicóptero Águia.

 

A mulher saía de uma loja de festas, quando foi surpreendida pelo trio que estaria caminhando pela avenida, com o intuito de entregar currículos.

No meio do caminho depararam com a mulher e mudaram de planos, partindo para o roubo. Ela foi abandonada em uma estrada de terra do bairro rural Volta Grande, de onde telefonou para o 190.

 

Com dados do veículo dela e características dos assaltantes, os policiais militares saíram em diligências.

Ao encontrarem o endereço do jovem de 18 anos, segundo o tenente Paulo, as viaturas foram para a casa dele, no Jardim Glória.

 

“A mãe nos deu o endereço da namorada dele, no bairro Novo Horizonte”, contou o oficial. Chegando na casa da tal namorada, ele já havia deixado o local.

Porém, teria dito à mãe da moça que estaria na rua Quatro esperando para se entregar.

 

“Quando viramos a esquina ele já colocou as mãos na cabeça e virou-se de costas para que colocássemos as algemas”, destacou o tenente.

Os menores

Após conversa com os militares, o jovem acabou falando ao telefone com os comparsas, sem que soubessem que a polícia estava ali, e combinou de encontrá-los.

Antes, falaram onde o carro estava abandonado e a PM o encontrou. Quando chegaram no local combinado - Terminal Central de Integração -, a PM os deteve. O flagrante foi feito no 3° Distrito Policial.

 

O carro e pertences da vítima seriam devolvidos ontem mesmo. 

Escrito por:

Ana Cristina Andrade