Publicado 07 de Setembro de 2014 - 18h15

Por France Presse

Dez pessoas morreram em um acidente com um avião de pequeno porte ocorrido no sábado (6), em uma zona de selva no sul da Colômbia - informou neste domingo o chefe das equipes de resgate.

"As dez pessoas que viajavam na aeronave, oito comerciantes e dois tripulantes, morreram no impacto", declarou à rádio RCN o coordenador de Gestão de Riscos do departamento do Caquetá (sudoeste do país), Gustavo Ortega.

De acordo com Ortega, todos os mortos - três mulheres, seis homens e uma menina - eram colombianos e moravam em Caquetá.

A aeronave da empresa Laser, com matrícula HK-4755 PA 34 Navajo, havia decolado do município de Araracuara, em Caquetá, às 15h de sábado (17h de Brasília), com destino à cidade de Florencia, capital desse departamento. Segundo as autoridades aeronáuticas, o aparelho perdeu contato com os controladores aéreos pouco depois de partir.

"Tratava-se de um voo comercial normal de um avião pequeno que percorria esse trajeto de vez em quando. Normalmente, essa rota é coberta por outra empresa", completou Ortega.

Por falta de espaço, Silvio Rojas não pôde decolar nesse voo. "No momento da decolagem, um dos motores apresentou falhas. Parece que foi o motor esquerdo da nave. Na hora da decolagem, começou a soltar muita fumaça", contou Rojas à rádio RCN, depois de escapar da morte.

Os destroços do avião foram encontrados no sábado, no sudeste do departamento de Caquetá, no município de Puerto Santander, departamento do Amazonas, limítrofe com Peru e Brasil.

Os socorristas trabalham com boas condições meteorológicas, mas o complicado acesso ao local do acidente dificulta as atividades, disse à AFP uma fonte da Força Aérea Colombiana (FAC).

Escrito por:

France Presse