Publicado 06 de Setembro de 2014 - 22h49

Por France Press

O vírus provoca dores, febre, vômitos, diarreia e hemorragias

Cedoc/ RAC

O vírus provoca dores, febre, vômitos, diarreia e hemorragias

A epidemia de Ebola deixou 32 mortos até agora no noroeste da República Democrática do Congo (RDC), um dos países africanos afetados pelo vírus, de acordo com novo balanço divulgado neste sábado (6) por Kinshasa.

"Registramos 32 óbitos", o que significa mais uma vítima fatal em relação ao boletim anterior, apresentado na última terça-feira - declarou o ministro congolês da Saúde, Félix Kabange Numbi, em entrevista coletiva.

"Constatamos 59 casos confirmados, possíveis, ou prováveis de Ebola, um a mais do que na terça-feira", acrescentou Kabange.

Segundo o ministro, "336 pessoas que tiveram contato com os doentes, ou falecidos, estão sendo acompanhados", contra os 285 anunciados na terça.

Escrito por:

France Press