Publicado 06 de Setembro de 2014 - 10h02

Por Da Agência Anhanguera

Cratera engoliu parte da Rua Gustavo Ambrust, no bairro Cambuí, em Campinas

Gustavo Tílio/ Especial para AAN

Cratera engoliu parte da Rua Gustavo Ambrust, no bairro Cambuí, em Campinas

A Praça Salim Jorge e a Rua Gustavo Armbrust, no Cambuí, serão reabertas para a circulação de pessoas no domingo (7).

 

O local foi destruído há pouco mais de um ano, quando acabou engolido por uma cratera aberta durante os trabalhos de fundação da obra de um prédio comercial da GNO Empreendimentos e Construções.

 

O muro de contenção da construção cedeu e um buraco se formou destruindo a rua e derrubando árvores, postes, calçada e grande parte da praça. Ninguém se feriu.

 

Segundo o laudo, houve falha na formação das estruturas de concreto no solo, chamadas bulbos de ancoragem.

 

Outros fatores, entre eles a adoção de parâmetros de resistência do maciço de solo elevados frente às características dos materiais encontrados no local e a simplificação do modelo de distribuição das tensões horizontais, contribuíram para o acidente. 

Veja também

Escrito por:

Da Agência Anhanguera