Publicado 30 de Julho de 2014 - 11h35

Capacidade de produção da Botica da Família também foi ampliada

Elcio Alves/ AAN

Capacidade de produção da Botica da Família também foi ampliada

A Prefeitura de Campinas reinaugura hoje a Botica da Família, farmácia de manipulação que estava fechada desde 2011. O projeto para produção de medicamentos fitoterápicos foi implementado na cidade em 2004, mas foi suspenso há mais de dois anos.

 

O prédio que abriga a farmácia precisou passar por adequações impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que custaram R$ 256 mil.

 

A farmácia trabalha com 13 plantas que compõem 31 formulações farmacêuticas e beneficiam mais de 10 mil pessoas.

 

A capacidade da Botica da Família é de manipular 7 mil fórmulas por mês, em média, para abastecer 74 unidades de saúde do município que oferecem opção de tratamento terapêutico pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com Salete Castelli Girardi, técnica da assistência farmacêutica da Secretaria de Saúde de Campinas, duas farmacêuticas e quatro técnicos trabalham na elaboração desses medicamentos, que são produzidos conforme a demanda das unidades de saúde.

“Utilizamos 13 plantas. Entre as mais usadas estão a babosa, utilizada para queimaduras, e a calêndula, como anti-inflamatório, distribuídas em forma de gel”, disse. Nesta época do ano, o xarope de guaco também é um dos produtos bastante utilizados na rede, por ter qualidade expectorante, e faz parte da lista de fitoterápicos produzidos.

“Os fitoterápicos são importantes e têm boa utilização”, disse Salete, que comentou o fato de Campinas possuir uma farmácia de manipulação própria para atender o SUS.

 

“É um grande benefício à população. Acompanhamos toda a produção, dentro de critérios impostos pelo Ministério da Saúde, que também indica os medicamentos naturais que podem ser produzidos, e que têm eficácia comprovada.”

A farmácia possui 160 metros quadrados. Todas as paredes foram pintadas com tinta lavável e receberam piso novo tipo paviflex, fabricado de material vinílico, de alta durabilidade.

 

A área de produção ganhou bancadas de granito, visores na porta de acesso, além de teles da proteção em todas as portas e janelas.

Projeto

O programa Botica da Família foi implantado há dez anos em Campinas e se tornou uma referência no País, mas as atividades foram suspensas em junho de 2010, quando foi feita a primeira reforma estrutural.

 

A medida atendia a uma resolução da Anvisa. A farmácia passou a contar com uma área exclusiva para manipulação, um laboratório de controle de qualidade e uma encapsuladeira capaz de processar 10 mil cápsulas por hora — manualmente, a produção era de 360 cápsulas por hora.

 

Mesmo após as intervenções, voltou a ser fechada no final de 2011 e retomou as atividades apenas agora.

 

A reinauguração do espaço será na manhã de hoje, com a presença do prefeito Jonas Donizette (PSB) e do secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza, mas a produção foi retomada em maio deste ano e a distribuição dos produtos, no mês passado.

 

Durante o período em que ficou fechada, o uso dos fitoterápicos foi suspenso na rede. A Botica da Família está localizada na Rua Lauro Vanucci, na Fazenda Santa Cândida.