Publicado 01 de Maio de 2014 - 16h26

Por Agência Estado

Funcionários das obras do Itaquerão realizam primeiro jogo na nova casa do Corinthians

France Press

Funcionários das obras do Itaquerão realizam primeiro jogo na nova casa do Corinthians

O relógio marcava 10h12 quando o ex-presidente corintiano Andres Sanches, responsável pelas obras do Itaquerão, deu o pontapé inicial para o primeiro jogo na nova casa do Corinthians, nesta quinta-feira (1). Ele foi jogado para cima pelos funcionários-atletas de Guerreiros Odebrecht 1 e Guerreiros Odebrecht 2.

A partida entre os funcionários da obra foi o primeiro evento-teste do palco da abertura da Copa do Mundo, dia 12 de junho. A partida festiva começou três minutos após Andres rolar a bola. Antes, foi prestado um minuto de silêncio pela morte de três funcionários na obra, Fábio Luiz Pereira, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fabio Hamilton da Cruz. E também ao ídolo Ayrton Senna, morto há 20 anos e torcedor do Corinthians.

Antes, contudo, um, padre de Itaquera abençoou a arena e os funcionários. Foi rezado um Pai Nosso, uma Ave Maria e a santidade fez breve oração. Terminou dizendo que "não importa quem vai vencer ou perder, 'é nóis'", disse. Familiares e convidados que estavam na arquibancada do setor leste, então, soltaram o "Vai Corinthians."

Eles estavam ali para uma festa, mas se as faixas diziam "Parabéns, Corinthians. A casa da Fiel está pronta", e "Obrigado guerreiros e guerreiras, missão dada, missão cumprida", a realidade era bem diferente.

Faltando apenas 17 dias para a abertura oficial, em jogo entre Corinthians e Figueirense, dia 18, às 16 horas, pelo Campeonato Brasileiro, ainda falta muita coisa para ser feita. As arquibancadas móveis ainda estão sendo montadas, faltam cadeiras também nas numeradas e parte do setor oeste. Os camarotes ainda não foram finalizados e parte do acabamento do teto está por fazer.

Nesta quinta, enquanto muitos aproveitavam o feriado para fazer festa, muitos funcionários se apressavam em deixar a casa em ordem. O jogo rolava e eles, de costas, cumpriam a missão de deixar a arena pronta em tempo.

Alheio às obras, o técnico em ferragem Eduardo, aos 9 minutos do primeiro tempo, fez o primeiro gol do Itaquerão. Seu time, o Guerreiros Odebrecht 2, contudo, acabou derrotado, de virada, por 2 a 1. Mas o que valeu foi a festa.

Escrito por:

Agência Estado