Publicado 01 de Maio de 2014 - 5h30

Com notícias no cenário interno favorecendo em abril o desempenho de ações de peso na Bolsa brasileira, como as de empresas estatais, o Ibovespa, principal índice do mercado, teve o segundo mês seguido de alta (2,4%), fazendo com que os fundos de ações livres mais uma vez liderassem o ranking mensal de investimentos. Em 12 meses, porém, o Ibovespa ainda acumula queda de 5,94%. Na outra ponta do ranking, o ouro (com queda de 1,06%) e os fundos cambiais (baixa de 1,05%) em razão do desempenho do dólar (desvalorização de 0,89%) foram as alternativas menos rentáveis em abril. Em 12 meses, porém, os fundos cambiais registram alta de 10,27% e o dólar à vista, 11,62%. Já o rendimento dos fundos de renda fixa superou o dos DI em abril, eqquanto a poupança rendeu 0,55%. (Folhapress)