Publicado 01 de Maio de 2014 - 5h30

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) teve a quinta faixa de rolamento liberada na manhã de ontem entre os Kms 16 e 47, trecho que liga São Paulo a Jundiaí. A obra demorou um ano para ficar pronta e provocou transtornos para os motoristas — muitos deles da região — já que em horários de picos gerava constantes congestionamentos. Os 62 km (31 de cada lado) custaram R$ 160 milhões e foram bancados pela concessionária que administra a rodovia (CCR AutoBAn).A inauguração foi feita pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Amanhã, o tucano estará em Campinas para a inauguração de mais obras rodoviárias, que incluem faixas adicionais e marginais nas rodovias Anhanguera (SP-330) e D. Pedro (SP-65).Segundo o Estado, a liberação da quinta faixa da Bandeirantes vai beneficiar 3,5 milhões de pessoas das cidades da Região Metropolitana de São Paulo, de Jundiaí e também da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Além disso, beneficiará principalmente o eixo Campinas-Capital, melhorando as condições do transporte de cargas no corredor de escoamento de mercadorias. “São poucas as rodovias do Brasil com cinco faixas. Estamos entregando, antes do prazo e do feriado, a quinta faixa da Bandeirantes, entre Jundiaí e São Paulo, nessa que é uma das melhores rodovias do País”, afirmou o governador. A verba que bancou a construção da nova pista é proveniente da cobrança de pedágio, e fiscalizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).Para a construção da nova faixa, foram necessárias intervenções como alargamento de cerca de quatro metros em viadutos e pontes instaladas no trecho, além da implantação de novas sinalizações vertical e horizontal. A obra ampliou em 25% a capacidade de fluxo no trecho, por onde trafegam diariamente 112 mil veículos, em média. A construção da quinta faixa na rodovia é a segunda intervenção no trecho entre São Paulo e Jundiaí realizada pela concessionária em menos de dez anos, após a construção da quarta faixa, em 2006.A via é uma das principais ligações da Capital com o Interior do Estado. Nos dois últimos anos, a Bandeirantes foi considerada a melhor estrada do Brasil em pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT).Mais liberações

Amanhã será liberado ao tráfego dois trechos de vias marginais na Via Anhanguera, em Campinas, que estarão em operação para a volta do feriado prolongado.Serão inauguradas as marginais do Km 86 ao Km 89, na pista sentido Capital. A obra foi iniciada em maio do ano passado com investimento de R$ 8,6 milhões. No trecho passam 32 mil veículos por dia. Também na Anhanguera serão liberados as marginais do Km 103,5 ao 110, Campinas/Sumaré, em ambos os sentidos. A obra de 13 quilômetros foi iniciada em maio de 2012 com investimento de R$ 36 milhões. No trecho passam 86 mil veículos por dia.A D. Pedro também terá trecho liberado pelo governador, que virá para Campinas anunciar a liberação de faixa adicional na via. O ponto específico da estrada não foi informado pelo Estado.