Publicado 03 de Maio de 2014 - 5h30

A Fiorentina enfrenta hoje o Napoli, no Estádio Olímpico de Roma, às 16h (ESPN Brasil), pela final da Copa Itália. Esta será a 10 participação da equipe de Florença na decisão da competição. Já são seis títulos conquistados, enquanto o Napoli tenta o seu quinto troféu.

Fanático por futebol e torcedor assumido do argentino San Lorenzo, o Papa Francisco recebeu ontem no Vaticano os elencos de Napoli e Fiorentina para dar boa sorte aos times finalistas da Copa da Itália. O Pontífice fez questão de alertar os jogadores de como suas atitudes dentro de campo refletem na sociedade, principalmente entre os jovens.

"Vocês estão no centro das atenções. Muitos de seus admiradores são jovens e crianças. Levem em conta isso, pensem que o modo que se comportam ganha uma ressonância, para o bem e para o mal. Sejam sempre verdadeiramente esportivos. O esporte tem um forte valor educativo", afirmou o Papa.

O goleiro brasileiro Neto, da Fiorentina, vive a expectativa de conquistar seu primeiro título com a camisa do clube. "A torcida está bem ansiosa, sempre que saio na rua aqui alguém pergunta se estamos prontos para o jogo ou pede para darmos o máximo na final. Faz parte, o torcedor quer muito esse titulo e a nossa campanha permite essa esperança. Vai ser minha primeira final aqui na Itália, tomara que a gente consiga estender o bom momento e comemorar o título", disse o jogador de 24 anos.

No Napoli, o técnico Rafa Benitez revelou quais são as armas principais do time para o confronto contra a Fiorentina: Gonzalo Higuaín e Marek Hamsik. Higuaín se recuperou de uma lesão no tornozelo sofrida no empate sem gols contra a Inter, na semana passada, e será titular na partida que pode coroar a primeira temporada de Benítez no San Paolo — o espanhol levantou pelo menos um troféu com cada um de seus últimos quatro clubes.

“Higuaín está se sentindo bem, está treinando sem problemas. Vamos ver como ele reage em campo. Ele e Hamsik podem fazer a diferença em campo, eles serão uma ajuda para seus companheiros de equipe”, disse ele.

A Fiorentina também recebeu na quarta-feira uma boa notícia, quando o atacante Giuseppe Rossi, lesionado desde o começo do ano, recebeu liberação do departamento médico para voltar.

Lazio

Aos 35 anos, o veterano atacante Miroslav Klose não quer saber de dar um fim à carreira. Apesar dos rumores que indicavam sua aposentadoria após a Copa do Mundo, ontem ele acertou sua renovação com a Lazio por mais uma temporada e assinou até junho de 2015

O acordo foi anunciado pela página oficial do clube e o atacante alemão comemorou a permanência no time italiano. "Estou muito feliz em continuar minha aventura na Lazio. Eu tinha algumas ofertas, mas decidi continuar esse caminho porque faço parte de um projeto importante e sinto que tenho papel importante neste projeto."

A Lazio não anunciou oficialmente, mas a imprensa europeia afirmou que Klose ganhará 2,5 milhões de euros (R$ 7,7 milhões) na temporada 2014/2015. Segundo o novo contrato, há ainda uma opção de renovação por mais um ano, o que significa que o atacante pode ficar até o meio de 2016. (Das agências)

3

Marcou Callejón, do Napoli, que divide a artilharia da Copa Itália com Gervinho, da Roma

8

A mais de saldo tem o

Manchester City em

relação ao líder Liverpool