Publicado 02 de Maio de 2014 - 5h30

Casa do Guarani nas três partidas que o clube fará como mandante na Série C do Campeonato Brasileiro antes da paralisação para a Copa do Mundo, o Estádio Décio Vitta, em Americana, foi aprovado pelos bugrinos no único treino que o time realizou no local antes do confronto de amanhã, diante do Madureira. Numa espécie de reconhecimento do gramado, feito ontem, o técnico Evaristo Piza e os jogadores elogiaram a estrutura e o estado do campo de jogo, que recebe partidas do Rio Branco e pertence à Prefeitura Municipal.

O Décio Vitta é o quarto local diferente escolhido pelo alviverde nesta temporada. Com o Brinco de Ouro entregue às obras para abrigar a seleção da Nigéria, o Guarani viveu como itinerante nos primeiros meses de 2014. Até o momento, já mandou jogos em Bragança Paulista (cinco vezes), Indaiatuba (uma vez) e Paulínia (cinco vezes). O melhor aproveitamento foi no Nabi Abi Chedid, onde o time conquistou 11 dos 15 pontos disputados.

Em Americana, o Bugre vai receber, além do Madureira, os jogos contra Macaé e Guaratinguetá. O estádio tem capacidade para 16.146 pessoas, porém, apenas 5 mil ingressos foram colocados à venda para amanhã. O gramado tem dimensões de 110m x 72m, um pouco menor do que o Brinco. "O estádio reúne todas as condições, não tem o que reclamar", afirma o goleiro Wanderson.

Evaristo Piza também destaca a qualidade do Décio Vitta. "É um local em plenas condições, que possui um gramado excelente. Queremos fazer desses três jogos nossa casa. E, pela proximidade de Campinas, espero a presença da torcida", comenta o treinador. Apesar da expectativa, o horário do jogo (21h) pode espantar o público. "É um horário ingrato, mesmo assim tenho certeza que os bugrinos estarão presentes."

Para o torcedor

O torcedor que planeja acompanhar a partida de amanhã precisará se programar. O Décio Vitta fica localizado na Avenida Carmine Feola, número 1073, no bairro Catharina Zanaga. De Campinas, a distância é de cerca de 45km, o que dá aproximadamente 40 minutos. Quem não comprou ingresso no Brinco, poderá adquirir nas bilheterias do estádio antes do jogo. Os valores são R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Por conta do horário tardio, ir de ônibus é uma hipótese descartada, já que o transporte intermunicipal que faz a linha Campinas-Americana só circula até as 21h no sábado. De carro, o caminho normal é pela Via Anhanguera, onde há uma praça de pedágio, que cobra R$ 6,40, tanto na ida quanto na volta.