Publicado 02 de Maio de 2014 - 5h00

Por Da redação

O prefeito Celso Capato analisa planta da Escola Monteiro Lobato

Divulgação

O prefeito Celso Capato analisa planta da Escola Monteiro Lobato

Dois cursos com quatro turmas cada, de administração e informática já estão sendo implantados na Escola Monteiro Lobato em parceria da Prefeitura Municipal de Artur Nogueira e Centro Paula Souza através da ETEC Trajano Camargo de Limeira. As turmas serão nos períodos da tarde e à noite.

As inscrições do vestibulinho foram abertas no dia 10 de abril e vão até 7 de maio até as 15h.

 

O edital com todas as orientações constam no www.vestibulinhoetec.com.br

 

A taxa de inscrição é de R$25,00.

Além das inscrições para o vestibulinho serão abertas também inscrições para o concurso público de professor de informática. O edital será publico no Diário Oficial em 15 dias.

Ontem (16/05) o prefeito Celso Capato esteve na Escola Monteiro Lobato para oficializar a vinda da ETEC. De acordo com ele, a implantação dos cursos só foi possível após fazer o pedido aos deputados Barros Munhoz e Guilherme Campos, que viabilizaram a vinda da escola.

“Viemos buscando transformar a Escola Monteiro Lobato em uma escola Técnica e procuramos o Centro Paula Souza, a partir daí o processo foi iniciado pela ETC Trajano Camargo que irá fazer as adaptações para atender as turmas”.

Celso disse também que a escolha dos cursos foram realizadas pela ETEC através de estudo de cursos que não havia na região e que poderiam ser inicializados de imediato.

Segundo o diretor de Escola Técnica da ETEC Trajano Camargo Diógenes Nielsen Junior, essas turmas são o que chamam de classes descentralizadas, ou seja, turmas da ETEC que estudam em escolas de outros municípios, entretanto, a vinda para Artur Nogueira só vem para contribuir ao amenizar a demanda e gerar emprego.

“A oferta é muito menor que a demanda, normalmente se tem seis candidatos para uma vaga e é por isso que existe a estratégia das classes descentralizadas. Elas diminuem a demanda para que todos possam estudar e gerar mais emprego, só tem a contribuir”.

Além dos dois cursos já foram iniciados os processos para a implantação dos programas “Vence” para alunos do 2º e 3º ano do Ensino Médio da Rede Pública, EJA – Educação para Jovens e Adultos e o “Pronatec” para os que estão matriculados ou concluíram o Ensino Médio.

Escrito por:

Da redação