Publicado 01 de Maio de 2014 - 11h25

Por Alenita Ramirez

Crime foi descoberto pela própria vítima, que correu atrás do ladrão

Alenita Ramirez/AAN

Crime foi descoberto pela própria vítima, que correu atrás do ladrão

O auxiliar de limpeza Luciano Gomes da Silva, de 47 anos, tentou furtar uma a mochila de uma das vítimas de um acidente de trânsito na quarta-feira (30) no bairro Vila Nova em Campinas. O crime foi descoberto pela própria vítima, um auxiliar de produção de 22 anos, que, ferido, correu atrás do assaltante e o deteve até a chegada da Polícia Militar (PM).

O acidente entre duas motos aconteceu às 6h30 no cruzamento das avenidas Theodureto de Almeida Camargo e Carolina Florence.

 

O auxiliar de produção voltava do trabalho em uma Kansas, quando bateu em uma Titan pilotada por um homem de 34 anos.

 

O rapaz sofreu escoriações e ficou no local à espera de socorro. A outra vítima teve fratura exposta em uma das pernas.

 Silva, que seguia para o trampo em um shopping, juntou-se à multidão que cercou as vítimas.

“De repente me lembrei da mochila e passei a mão para apanhá-la, mas não a achei. Olhei para os lados e vi um homem com ela nas costas”, contou o auxiliar de produção. 

 

Mesmo machucado, o rapaz correu e pegou Silva, que caminhava numa boa.

Segundo a vítima, o homem aparentava estar bêbado e garantiu que a mochila era dele.

 

“Tive que abri-la e mostrar minha carteira com meus documentos”, contou o jovem.

 

Silva foi preso em flagrante e, sem pagar a fiança

de R$ 800, acabou levado para a cadeia do 2° Distrito Policial (D.P.). 

 

O auxiliar de produção foi socorrido no local e acompanhou a ocorrência no 4°DP.

 

A outra vítima foi levada pelos bombeiros ao Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Escrito por:

Alenita Ramirez