Publicado 03 de Maio de 2014 - 17h31

Por Agência Estado

Dzeko comemora em Liverpool: bósnio marcou dois gols na vitória por 3 a 2 do Manchester City sobre o Everton

France Press

Dzeko comemora em Liverpool: bósnio marcou dois gols na vitória por 3 a 2 do Manchester City sobre o Everton

O Manchester City é o novo líder do Campeonato Inglês. Neste sábado (3), em uma partida movimentada e válida pela 37ª rodada, o time de Manchester assumiu a primeira colocação ao derrotar o Everton por 3 a 2, fora de casa, em Liverpool, no Estádio Goodison Park.

Com a vitória, o Manchester City chegou aos mesmos 80 pontos do Liverpool, mas leva vantagem no saldo de gols - 59 a 50. Em terceiro lugar com 78 pontos, o Chelsea vai entrar em campo neste domingo (4), quando receberá o Norwich. Já o Liverpool jogará na segunda-feira (5), fora de casa, diante do Crystal Palace.

Porém, mesmo que seja ultrapassado na sequência da rodada por Liverpool e Chelsea, o Manchester City só depende das suas forças para ser campeão inglês, pois tem dois jogos a disputar, enquanto os dois adversários na luta pelo título só tem mais um. Já o Everton, com a derrota deste sábado, não tem mais chances de classificação para a Liga dos Campeões da Europa e segue em quinto lugar, com 69 pontos.

Neste sábado, o Everton começou a partida em ritmo forte e abriu o placar logo aos dez minutos do primeiro tempo, com o gol marcado por Barkley, que finalizou da intermediária. O Manchester City, porém, logo reagiu, liderado, mais uma vez por Yaya Touré.

Foi do volante a jogada do gol de empate, aos 21 minutos, quando ele lançou Aguero, que avançou e bateu rasteiro para marcar. Depois, aos 43, Dzeko fez de cabeça após cruzamento de Milner, deixando o Manchester City vencendo por 2 a 1.

O Everton tentou reagir no começo do segundo tempo, mas quem voltou a marcar foi o time visitante, aos três minutos, novamente com Dzeko, que completou um cruzamento rasteiro de Nasri.

O time da casa diminuiu aos 19 minutos, com Lukaku, que deu um peixinho para completar um cruzamento de Baines. Porém, não foi suficiente para evitar a derrota por 3 a 2 para o Manchester City, agora mais perto de conquistar o título inglês.

Escrito por:

Agência Estado