Publicado 29 de Abril de 2014 - 19h57

Por Agência Estado

Por causa de lesão no pé direito, Arouca ficou fora da partida diante do Audax

Divulgação

Por causa de lesão no pé direito, Arouca ficou fora da partida diante do Audax

Desfalques do técnico Oswaldo de Oliveira no fim de semana, o volante Arouca e o zagueiro Neto fizeram trabalho físico com bola nesta terça-feira (29) e mostraram boa condição para retornar ao Santos na próxima rodada, contra o Grêmio, sábado (3), na Vila Belmiro.

A tendência é de que a dupla deve confirmar o retorno caso participe normalmente do coletivo desta quinta-feira (1). Será o teste para avaliar as condições físicas dos dois jogadores.

Arouca ficou de fora da partida contra o Coritiba por causa de um incômodo muscular na coxa esquerda. Neto, por sua vez, se recupera de um edema na coxa direita. No fim de semana, eles foram substituídos por Alison e Jubal, respectivamente.

Para o sábado, Oswaldo de Oliveira só não deve contar com o lateral-esquerdo Mena. Ele ainda se recupera de uma inflamação no tornozelo direito e não apresenta condições para voltar ao time. Em seu lugar deve jogar Emerson, como aconteceu contra o Coritiba.

EM BUSCA DE REFORÇOS

Além do volante Renato, que pode ser liberado sem custos pelo Botafogo nos próximos dias, o Santos quer apresentar pelo menos mais dois reforços antes da parada do Brasileirão para a Copa do Mundo, o que acontecerá após a disputa da nona rodada no começo de junho. Os dirigentes do clube não falam em nomes e nem em posições, mas as prioridades do elenco, atualmente, são um zagueiro e um meia.

Mesmo com o clube enfrentando dificuldades financeiras e sem perspectivas de conseguir patrocínio master para a camisa a curto prazo, os dirigentes santistas acham que vale a pena investir em reforços para completar o time, que decepcionou nas duas primeiras rodadas do Brasileirão (empates por 1 a 1 contra o Sport, na Vila Belmiro, e por 0 a 0 diante do Coritiba, no Paraná).

O Comitê de Gestão do Santos aceitou a surpreendente derrota para o Ituano na decisão no Paulistão, mas cobra boa campanha no Brasileirão. Para contornar a falta de dinheiro, o clube tanto poderá recorrer outra vez ao parceiro Doyen Sports, que já ajudou na contratação do atacante Leandro Damião, ou aos R$ 38 milhões que ainda restam da cota antecipada de TV referente a 2015.

Escrito por:

Agência Estado