Publicado 30 de Abril de 2014 - 5h00

Denise Fraga faz parte do documentário A vida não basta, dos cineastas Caio Tozzi e Pedro Ferrarini, inspirado na obra de Ferreira Gullar

Divulgação

Denise Fraga faz parte do documentário A vida não basta, dos cineastas Caio Tozzi e Pedro Ferrarini, inspirado na obra de Ferreira Gullar

Os cineastas Caio Tozzi e Pedro Ferrarini foram ao encontro de nove renomados artistas de diferentes áreas para descobrir porque é preciso criar para a vida ir além. Uma iniciativa inspirada pela bela frase “A arte existe porque a vida não basta”, de Ferreira Gullar. Os artistas escolhidos por eles para discorrer sobre o tema foram a atriz Denise Fraga, o escritor Milton Hatoum, o estilista Ronaldo Fraga, o cantor e compositor Toquinho, a cineasta Laís Bodanzky, o dramaturgo Leonardo Moreira e os quadrinistas Gabriel Bá e Fábio Moon. Com concepção e criação da Dois Ventos e produção da Vila Filmes, o resultado é o documentário 'A Vida não Basta', que será exibido nesta quarta-feira (30), às 19h, de graça, no Museu da Imagem e do Som de Campinas, e que contará com a presença dos cineastas para um bate-papo.

Vencedora do prêmio de melhor documentário há duas semanas do 2º Festival Brasil de Cinema Internacional, a obra passeia pela vida dos entrevistados para dialogar sobre as origens da criação artística em suas vidas, a descoberta da vocação, os processos criativos, a relação com o público, dentre outros assuntos relacionados ao tema. A forma encontrada pelos idealizadores para retratar uma forma diferente de ver a vida. E como a inspiração veio de Ferreira Gullar, o próprio também participa do documentário para falar um pouco sobre sua frase.

 

Serviço

 

Exibição do filme 'A Vida não Basta'

Nesta quarta-feira (30), às 19h

 

No MIS Campinas - Palácio dos Azulejos (Rua Regente Feijó, 859 - Centro). Telefone: (19) 3733-8800

De graça