Publicado 30 de Abril de 2014 - 5h30

Ao menos 1,9 milhão de veículos deve circular pelas principais rodovias que cortam a região de Campinas no feriado prolongado de 1 de Maio (Dia do Trabalho) comemorado amanhã. As concessionárias que administram as estradas e a Polícia Militar Rodoviária começam, a partir das 16h de hoje, um esquema especial para atender ao aumento do tráfego de veículos nas vias. O maior volume de tráfego deve ocorrer no sistema Anhanguera-Bandeirantes, que espera receber aproximadamente 830 mil veículos, entre saída e chegada à Capital. Segundo a CCR AutoBAn, que adminstra o sistema, os horários de pico estão previstos para hoje, das 16h às 21h, amanhã, das 9h às 13h, e no domingo, dia 4, das 15h às 22h. É aconselhável evitar pegar estrada nesses horários. Já no Corredor Dom Pedro, o volume de tráfego durante o feriado prolongado deverá superar os 710 mil veículos. Somente na Rodovia D. Pedro I serão 497 mil. A segunda via com maior previsão de fluxo é a Professor Zeferino Vaz, com 112 mil veículos. O maior volume de tráfego deve se concentrar no corredor hoje com a passagem de 188 mil veículos. O fluxo deve ser mais intenso a partir das 16h, se estendendo até as 21h. A concessionária Rodovias do Tietê também prevê tráfego intenso durante o feriado. São esperados cerca de 394 mil veículos. Pela Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença, mais conhecida como Campinas-Monte Mor, devem trafegar 42 mil. A Polícia Rodoviária vai intensificar a fiscalização nas estradas para evitar acidentes e orienta que os motoristas não excedam os limites de velocidade, mantenham distância segura do veículo à frente, ultrapassem somente pela esquerda e usem sempre cinto de segurança. O Aeroporto de Viracopos estima aumento de 15% no volume de passageiros entre hoje e domingo. Por isso, reforçou o número de agentes de atendimento e no quadro de profissionais de limpeza, segurança, manutenção de equipamentos e fiscais de pátio. A Rodoviária Ramos de Azevedo também tem expectativa de aumento de passageiros durante o feriado. Os principais destinos são o Litoral e Interior. O expediente nas repartições públicas de Campinas será interrompido a partir das 18h de hoje e retomado na segunda, dia 5 de maio, às 8h. Porém, a Prefeitura viabiliza esquema de plantão em serviços essenciais no período para prestar atendimento emergencial. Amanhã a tarifa de ônibus custará R$ 1,50. O desconto de 50% na passagem vale para pagamentos com Bilhete Único ou dinheiro. O “Passe Lazer” não vale para quem tem o Bilhete Único Escolar, vale-transporte ou idoso. (Luciana Félix/Da Agência Anhanguera)