Publicado 29 de Abril de 2014 - 14h50

As polícias Militar e Civil de Sorocaba e da região de Itapetininga prenderam no final da madrugada desta terça-feira (29), em Itapeva, um homem suspeito de ter matado o policial militar Sandro Luiz Gomes, de 35 anos, no domingo (27), na zona Norte de Sorocaba.

O policial estava em uma viatura trabalhando na chamada “Operação Delegada”, serviço de segurança, que é pago pela Prefeitura a policiais durante a folga do trabalho deles no Estado, para reforçar o setor no município e que foi implantado oficialmente no ano passado.

Os responsáveis pelo assassinato passaram em um carro prata atirando. O policial não teve tempo de reagir. Cinco dos 11 tiros disparados acertaram a viatura.

No veículo ainda estava o sargento Antônio Correa Júnior, que foi ferido, medicado e passa bem.

O nome do acusado não foi divulgado. Ele estaria envolvido com uma quadrilha de roubo de veículos e de dinheiro e que também atua no tráfico de drogas.

Cerca de 100 policiais fizeram a prisão ao cumprir 29 mandados de busca e apreensão e 25 de prisão.

A operação ocorreu nas cidades de Itapeva, Buri, Capão Bonito, Itapetininga e Araçoiaba da Serra.

Os policiais investigavam a quadrilha havia oito meses. Pelos 20 pessoas foram presas com suspeita de envolvimento com a quadrilha ou na prática de crimes.