Publicado 29 de Abril de 2014 - 15h56

Por Agência Estado

Caio Júnior assinou contrato para dirigir o rubro-negro baiano pelo menos até 20 de dezembro de 2013

Divulgação

Caio Júnior assinou contrato para dirigir o rubro-negro baiano pelo menos até 20 de dezembro de 2013

Caiu o primeiro técnico do Brasileirão 2014. Antes da disputa da terceira rodada, a diretoria do Criciúma anunciou nesta terça-feira a demissão de Caio Júnior. Com uma passagem breve pelo time catarinense, o treinador não resistiu à sequência negativa da equipe na reta final do Estadual e neste início do Nacional.

Caio Júnior chegou ao Criciúma em fevereiro e comandou o time em dez partidas, das quais venceu apenas três. Obteve ainda seis derrotas e um empate. Com esta série, não passou das semifinais do Campeonato Catarinense e perdeu os dois jogos disputados no Brasileirão - um deles de virada, em casa, contra o Palmeiras.

O clube catarinense demitiu também nesta terça o diretor executivo de futebol, Carlos Kila. A diretoria do Criciúma estaria insatisfeita com atritos entre o dirigente e o treinador e com as recentes performances da equipe dentro de campo.

Junto de Caio Júnior também deixam o time os auxiliares Almir Domingues e Eduardo Duca e o analista de desempenho Luiz Felipe. "O clube agradece a todos os profissionais pelo empenho e profissionalismo a serviço do Criciúma Esporte Clube", registrou o clube, em nota.

A diretoria ainda não oficializou o nome do novo treinador. Mas espera fazer o anúncio até quarta-feira, a tempo de preparar o Criciúma para o primeiro confronto catarinense deste Brasileirão contra o Figueirense, domingo, no Estádio Heriberto Hülse.

Escrito por:

Agência Estado