Publicado 29 de Abril de 2014 - 13h51

Por Raquel Valli

Rafael Ohashi, um dos dois Campineiros convocados para a seleção brasileira de beisebol

Arquivo pessoal

Rafael Ohashi, um dos dois Campineiros convocados para a seleção brasileira de beisebol

Dois garotos de Campinas foram convocados para a seleção brasileira de beisebol. Irão representar o Brasil no segundo maior torneio do esporte no mundo, o de Nashiki, realizado no Japão entre os meses de julho e agosto.

Rafael Massaroni Ohashi e Diogo Yoshida estão na categoria infantil, composta por garotos de 11 e 12 anos. Ambos fazem parte do time de beisebol da colônia japonesa Tozan, de Campinas. Em,bora o esporte seja pouco divulgado por aqui, é uma das principais atividades esportivas no Japão. No Brasil, é praticado sobretudo no Paraná.

O time de Campinas não mais tem patrocínio.

No governo do Prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), a Prefeitura o patrocinava por meio do Fundo de Investimentos Esportivos de Campinas (Fiec). Entretanto, o governo do Prefeito Jonas Donizette (PSB) cortou o benefício, conta a mãe de Rafael, Alisson Viana Ohashi.

Além dos descendentes de japoneses, o time comporta crianças carentes do entorno da colônia.

A reportagem entrou em contato com a atual gestão da Prefeitura para saber a razão do corte. A assessoria de imprensa municipal informou que o benefício foi cortado devido à falta de algumas documentações, mas que o Tozan pode pleitear novamente o benefício.   

 

 

 

 

Diogo Yoshida

 

 

 

 

 

 

 

Alisson espera agora que com a visibilidade da convocação, patrocinadores se interessem em fomentar o time campineiro.

Em relação a ter um filho em uma seleção brasileira, afirma: “é um orgulho imenso. Essas crianças se destacaram muito rápido. Eu tô babando, na realidade. E agradeço ao técnico - Armando Yoshida e ao diretor esportivo do Tozan, Edson Ohashi, por que sem eles nada disso seria possível”.

Escrito por:

Raquel Valli