Publicado 29 de Abril de 2014 - 14h21

Por Correio.com

Jacaré consegue sobreviver na represa, apesar da poluição

Reprodução

Jacaré consegue sobreviver na represa, apesar da poluição

Um jacaré, provavelmente da espécie jacaré-do-pantanal, considerada ameaçada de extinção, foi fotografado às margens do Reservatório Salto Grande, região da Praia dos Namorados, em Americana. A foto foi feita pela moradora Jocimara Villela, que divulgou o flagrante pela internet.

“Além de muita sujeira e poluição, a Represa Salto Grande também tem jacaré!”, comentou, ao postar duas imagens do réptil no Facebook.

O biólogo e presidente da Associação Barco Escola da Natureza, Carlos César Gimezez Zappia, acredita ser uma espécie de jacaré-do-pantanal. “Pela foto é um pouco difícil afirmarmos com certeza, mas pensamos ser um caiman yacare, ou jacaré-do-pantanal. Não é uma espécie nativa da região e, muito provavelmente, foi introduzida por alguém, quando filhote”, diz ele.

"Acho interessante e intrigante que, com toda a adversidade que é constatada na região, a vida persiste e continua", afirma Zappia. "Na verdade, a poluição não é boa para ele [o jacaré] e, acertadamente, vai lhe garantir um período de vida menor que os da mesma espécie, que vivem em um ambiente mais equilibrado. Contudo, a nossa represa dá condições de vida, alimentação em abundância - pois nós repovoamos com várias alevinagens - e proteção, principalmente pelas moitas de plantas flutuantes. Provavelmente, o seu desenvolvimento/crescimento não será normal também" complementa o biólogo.

Sobre um possível risco que a população corre com a presença dessa espécie na região do Salto Grande, o presidente do Barco Escola ressalta que "é difícil garantir com 100% de certeza, pois a tendência é que esses animais fujam com a menor aproximação dos humanos", e acredita que quem corre o maior risco são os próprios jacarés.

Veja também

Escrito por:

Correio.com