Publicado 04 de Março de 2014 - 19h34

Por Paulo Santana

Diego Sacoman pede atenção redobrada dos companheiros na partida em Bragança Paulista, pois o adversário quer a reabilitação a qualquer custo

Dominique Torquato/AAN

Diego Sacoman pede atenção redobrada dos companheiros na partida em Bragança Paulista, pois o adversário quer a reabilitação a qualquer custo

Embalada por três vitórias e empolgada com a possibilidade de se aproximar cada vez mais da classificação para as quartas de final, a Ponte Preta vai a Bragança Paulista para enfrentar o Bragantino, nesta quarta-feira (5), às 19h30, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista. A Macaca ocupa a segunda colocação no Grupo C, com 21 pontos. O líder da chave é o Santos, com 26 pontos e o terceiro é o São Bernardo, com 18.

A Ponte que abrir vantagem contra o São Bernardo, que, também nesta quarta, enfrenta o Rio Claro, em casa. O Massa Bruta caiu para a terceira posição do Grupo D depois da goleada de 5 a 0 para o Santos e quer reagir para não se distanciar do G2.

Diante disso, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, cobra empenho e atenção diante de um adversário tradicional para a Macaca. "Vamos manter o mesmo sistema de jogo que vem dando certo e sempre atento ao Bragantino, que tem uma boa equipe. As substituições serão apenas práticas", disse o treinador, que não poderá contar com o zagueiro Cesar e o atacante Silvinho, expulsos na vitória sobre o Oeste, no último sábado (1).

Por outro lado, terá o volante Bruno Silva de volta após cumprir suspensão. Para a vaga de Cesar, Vadão optou pelo jovem Raphael Silva. No ataque, ainda resta a dúvida entre o meia-atacante Antônio Flávio e o veloz Rossi. A vantagem nessa disputa particular é de Antônio Flávio, que foi um dos destaques na vitória sobre o Penapolense, fora de casa.

No mais, o time será o mesmo com o goleiro Roberto, o zagueiro Diego Sacoman e os alas Ferrugem e Magal formando a defesa. "Já joguei várias vezes contra o Bragantino e sei que vai ser um jogo difícil. É um time que marca bastante e tem bom jogo aéreo. Estamos em uma boa sequência e vamos buscar a vitória, que vai ser muito importante para nós", disse Magal. "Estamos no caminho certo. Não podemos deixar a euforia tomar conta", ressalta.

No meio, Bruno Silva reassume sua vaga e Alef volta a ficar como opção no banco. Fernando Bob e Adrianinho completam o setor. Na frente, o artilheiro Alemão ainda terá a companhia de Ademir, que vem ganhando espaço a cada dia.

Sacoman considera o jogo desta quarta ainda mais complicado pela situação do adversário. "Quando você vem de goleada, ainda mais jogando em casa, quer dar a volta por cima e provar seu valor. Só uma vitória pode trazer a confiança e a torcida para seu lado novamente. Por isso, acho que vamos encontrar um jogo muito difícil. O Bragantino sempre dificultou nossa vida e não vai ser diferente agora" , confia o defensor.

Depois desta quarta, a Macaca ainda terá três jogos para se manter na frente do São Bernardo e jogar a próxima etapa com o Santos. Pega ainda o Rio Claro, Palmeiras e Mogi Mirim. Neste meio, tem a estreia pela Copa do Brasil, quarta-feira (12), em Boa Vista, contra o Náutico-RR.

Escrito por:

Paulo Santana