Publicado 05 de Março de 2014 - 5h00

Por Da redação

Enduro de resistência, com quatro horas de duração, é prova mais esperada

Divulgação

Enduro de resistência, com quatro horas de duração, é prova mais esperada

Entre os dias 13 e 16 de março, estudantes de engenharia de 66 universidades de todo o Brasil participam da 20ª edição do Baja SAE Brasil-Petrobras. A prova de engenharia, que terá 72 equipes de 18 Estados e mais o Distrito Federal, será realizada no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), em Piracicaba, que sedia o evento desde 2002.  

 

A competição se caracteriza por carros projetados e construídos pelos próprios estudantes de engenharia, sob orientação de um professor. As equipes são também responsáveis pela organização e viabilidade do protótipo que inclui alocação e administração de recursos financeiros do projeto.

Denominados de bajas, esses veículos passam por avaliações estáticas e dinâmicas, nas quais são realizadas análises do projeto, testes de tração, aceleração, e velocidade máxima.

O enduro de resistência, que tem quatro horas de duração e é feito em condições severas, em pista de terra, é a prova mais esperada.

As três equipes que alcançarem as melhores pontuações na soma geral de todas as provas poderão representar o Brasil na Baja SAE Rochester, em New York-USA.

2014

As equipes participantes representam 66 instituições de ensino superior do País, sendo que, do total de inscritas, 43 são da região Sudeste, 14 da região Nordeste, 11 da região Sul, três da região Centro-oeste e uma da região Norte. São Paulo lidera com 21 inscritas, com nove da grande São Paulo e 12 do interior.

Os carros

Os Baja SAE são protótipos de estrutura tubular em aço, monopostos para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas, motor padrão de 10 HPs e capacidade para abrigar um piloto de até 1,90m de altura e até 113,4 kg de peso.

 

Os sistemas de suspensão, transmissão, freios e o próprio chassi são desenvolvidos pelos próprios estudantes de engenharia, que são orientados por professores das instituições de ensino que representam.

"Colocar em prática as teorias aprendidas na sala de aula e o desenvolvimento de capacidades requeridas pelo mercado, como liderança, trabalho em equipe e gestão de projetos, são alguns dos pontos enfatizados nas competições estudantis da SAE Brasil que consideramos essenciais a uma boa formação de engenharia”, ressalta o engenheiro Ricardo Reimer, presidente da SAE Brasil.

Nos Estados Unidos, o Brasil já venceu quatro vezes a competição realizada pela SAE International na América do Norte: em 1998, com a equipe da Universidade Federal do Rio Grande do Norte; e em 2004, 2007 e 2008, com alunos do Centro Universitário da FEI.

 

SERVIÇO

O quê: 20ª Competição Baja Sae Brasil-Petrobras

Quando: de 13 a 16 de março de 2014

Onde: ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo - Rodovia SP 135, km 13,5, bairro Tupi, Piracicaba) 

 

PROGRAMAÇÃO

Dia 14 (quinta-feira) – 14h às 17h50 - avaliações de segurança e inspeção técnica.

Dia 15 (sexta-feira) – 9h às 17h50 - avaliações de segurança, inspeção técnica e apresentações de conforto e projeto.

Dia 16 (sábado) – 9h às 10h30, repescagem de segurança. Das 11h às 16h, provas dinâmicas (dirigibilidade, conforto, tração, velocidade e subida de rampa). Das 17h às 19h, finais de apresentação de projeto.

 

Dia 17 (domingo) - às 9h15 formação do grid de largada. Das 10h às 14h, enduro de resistência. Às 15h, cerimônia de encerramento.

Escrito por:

Da redação