Publicado 05 de Março de 2014 - 5h00

Por Da redação

Alerta é devido à infestação de carrapatos, transmissores da doença

Divulgação

Alerta é devido à infestação de carrapatos, transmissores da doença

A Prefeitura de Cosmópolis, por meio da Secretária de Saúde e Vigilância Sanitária, vem solicitando à população para evitar a ida até as margens da represa dos Rios Pirapitingui e Jaguari, devido ao número elevado de febre maculosa nos últimos anos. 

 

Desde 2004 são diagnosticados casos da doença com mortes no município.

 

A quantidade de colônias de capivaras é extremamente alta nas margens da represa.

 

O mamífero é hospedeiro do carrapato que, se infectado, transmite a doença. E os carrapatos do local estão infectados, segundo pesquisa feitas na área.

Doença

Se não for diagnosticada a tempo pode matar em duas semanas. O diagnóstico é feito por meio de teste sorológico.

 

A doença se manifesta no homem depois de um período de incubação de dois a 14 dias. Entre os sintomas encontram-se: forte mal-estar, gripe violenta com uma febre repentina de 39 a 40 graus C°.

 

Abatida, a pessoa fica prostrada por causa do componente tóxico-infeccioso que se encontra em seu organismo. Paralelamente, aparecem máculas (manchas avermelhadas) nos pulsos, tornozelos, palmas das mãos e nas solas dos pés.

 

Em casos de sintomas, o médico deve ser procurado imediatamente, no hospital e nos postos de saúde.

Caso o paciente não siga o tratamento adequado, a doença evolui para um quadro de infecção generalizada, com complicações pulmonares, vasculares, desidratação, choques, coma e morte.

 

Para prevenir-se, evite caminhar, sentar ou deitar em áreas com carrapatos.

Escrito por:

Da redação