Publicado 04 de Março de 2014 - 9h58

Por Milene Moreto

Milene Moreto - ig

AAN

Milene Moreto - ig

Folia!

Os integrantes do governo do prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), estão felizes da vida com a realização do Carnaval na cidade. Isso porque disseram ter recebido retorno positivo do evento, que este ano foi realizado no Amarais. A população que mora no entorno também não reclamou muito da folia, como ocorria quando a festa era realizada no Tunel Joá Penteado. Mesmo com o resultado satisfatório, até ontem, o prefeito Jonas Donizette (PSB), não tinha comparecido ao evento.

Fora de mão?

O lugar foi bom, mas nas opinião de alguns participantes, meio fora de mão. Muita gente reclamou que foi difícil chegar, mesmo com as linhas extras de ônibus. A Prefeitura planeja um mini-pacote de bondades para os moradores da região como forma de amenizar o desgaste. O que se comentou é que os bairros receberão uma atenção maior no que diz respeito a pavimentação e podem até ganhar um reforço na Saúde.

Samba...

No último domingo, durante os desfiles das escolas de samba de Campinas, a expectativa era grande para uma visita do prefeito Jonas nos camarotes montados no sambódromo. Mas quem deu o ar da graça foi o vice, Henrique Magalhães Teixeira (PSDB), que foi logo vestindo uma camiseta do Carnaval “Vem que Tem”, organizado pela Prefeitura.

...na mão

Depois de tirar muitas fotos em um dos camarotes, Henrique desceu para Avenida e fez questão de cumprimentar os membros das escolas que desfilavam. Mas o ritmo foi só na palma da mão, nada de samba no pé. “Estou com o tendão machucado, por isso não sambei. O médico me proibiu”, afirmou o tucano.

Ala la ô

Outros políticos também foram vistos circulando pela festa, como o deputado federal Gustavo Petta (PCdoB), Dário Saadi (SDD) e o vereador Tico Costa (SDD). Esse último desfilou na escola Águia de Ouro.

Tá bravo!

O secretário de Cultura, Ney Carrasco, não esconde a satisfação pela festa de Carnaval realizada nos Amarais, mas ele não anda nada contente com as críticas feitas em relação os atrasos dos desfiles.

Nada é tão cedo!

No domingo, por exemplo, a programação oficial enviada pela Prefeitura informava que as apresentações começariam às 18h30, mas começaram perto das 21h. Ele afirmou à reportagem do Correio que nenhum Carnaval começa tão cedo e que vai puxar a orelha do responsável de ter publicado o horário. Acontece que toda a programação foi fechada pela Secretaria de Cultura, com aval de Carrasco.

Aprovado!

Atrasos à parte, a estrutura do sambódromo nos Amarais tem sido bastante elogiada pelo público. O vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira, também aprovou o recinto da festa e disse que a Prefeitura encontrou um local apropriado.

Vai-Vai

Após ter homenageado a cidade de Paulínia pelos seus 50 anos de emancipação, a escola de samba da Vai-Vai esteve na cidade ontem com parte de seus integrantes para participar do Carnaval. Nos últimos dias o comentário foi de que a cidade teria patrocinado de alguma forma a escola e, por este motivo, teria sido a escolhida para o samba-enredo. O Executivo negou o patrocínio.

Colaborou Felipe Tonon/AAN

Escrito por:

Milene Moreto