Publicado 03 de Março de 2014 - 16h51

Por France Press

Atletas paraolímpicos da equipe dos EUA se reúnem antes do início dos jogos de Inverno em Sochi

France Press

Atletas paraolímpicos da equipe dos EUA se reúnem antes do início dos jogos de Inverno em Sochi

Os Estados Unidos não enviarão delegação presidencial aos Jogos Paraolímpicos de Sochi como forma de protesto pela intervenção militar da Rússia na Ucrânia, anunciou nesta segunda-feira (3) à Casa Branca. "Além das medidas que estamos tomando em relação à situação na Ucrânia, os Estados Unidos renunciaram a enviar uma delegação presidencial aos Jogos Paraolímpicos de inverno de Sochi", declarou a porta-voz do Conselho Nacional de Segurança (NSC na sigla em inglês) Caitlin Hayden.

"O presidente Obama continua apoiando firmemente todos os atletas que participarão dos Jogos Paralímpicos e lhes deseja sucesso em suas provas", afirmou Hayden.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, já tinha anunciado domingo que seu governo boicotaria os Jogos Paraolímpicos, que começam no próximo fim de semana, por causa da "gravidade da situação na Ucrânia".

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, já tinha anunciado domingo que seu governo boicotaria os Jogos Paraolímpicos, que começam no próximo fim de semana, por causa da "gravidade da situação na Ucrânia".

Escrito por:

France Press