Publicado 05 de Março de 2014 - 12h47

Puyol concedeu entrevista coletiva na véspera do clássico com o Milan

France Press

Puyol concedeu entrevista coletiva na véspera do clássico com o Milan

Puyol anunciou a saída do Barcelona na última terça-feira (3). Aos 35 anos, Puyol entende que já não poderá jogar ao nível que o Barcelona exige. "Fui submetido a operações agressivas e tem sido mais difícil do que esperava, e mais do que os médicos me disseram, recuperar de forma a jogar aqui".

Ele garantiu que tentará voltar a competir até ao final da temporada e ajudar a equipa. "Os que me conhecem sabem que não me renderei, tentarei ajudar a equipa a atingir os seus objetivos".

O jogador disse aos jornalistas, numa declaração sem direito a perguntas, que precisa parar e ainda não sabe o que fará quando chegar o Verão. "Há quatro anos que não paro, por causa das lesões, e preciso de o fazer. Depois disso não sei o que farei', afirmou.

Puyol tinha mais dois anos de contrato com o Barcelona, um vínculo contratual de que prescindiu.

Puyol jogou 15 anos ao mais alto nível no Barcelona, e até ao momento conquistou 21 títulos (seis campeonatos, duas Taças do Rei, seis Supertaças, três Ligas dos Campeões, duas Supertaças Europeias e dois Mundiais de Clubes). No currículo constam ainda um título europeu e um mundial com a seleção espanhola.ujol