Publicado 04 de Março de 2014 - 23h11

Equipe resgata jovem que caiu de uma altura de dois metros: susto

Carlos Sousa Ramos/AAN

Equipe resgata jovem que caiu de uma altura de dois metros: susto

Um dos destaques de um carro alegórico da escola Unidos da Vila Rica caiu de uma altura de aproximadamente dois metros e teve de ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A queda ocorreu quando o carro terminava o desfile, por volta da meia-noite, a poucos metros da dispersão. O jovem foi atendido no ambulatório montado no sambódromo e não sofreu ferimentos graves.

A vítima desfilava no carro abre-alas da escola. Após passar pelos camarotes, a base de madeira que sustentava o destaque se quebrou e o homem caiu. Ele bateu a cabeça e teve ferimentos na mão. O desfile continuou, mas a evolução da escola acabou prejudicada durante o resgate.

Outra escola que teve problemas com o seu abre-alas foi a Renascença, que desfilou na sequência. O carro alegórico, com quatro pessoas, enguiçou praticamente no mesmo ponto do acidente com o membro da escola Vila Rica.

Os empurradores tentaram fazer o carro andar, sem sucesso. Os destaques tiveram que descer e seguir desfilando pela avenida. O problema acabou refletindo nas outras alas, que tiveram que desviar do carro, que ficou estacionado no meio da passarela.

A última escola, Leões da Vila Padre Anchieta, já tinha iniciado o seu desfile e o carro ainda não tinha sido retirado. Foi preciso de um guincho para puxar a alegoria do local, que só foi retirada 30 minutos depois.